icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo
27/02/2015
19:25

Após uma semana de dedicação exclusiva a treinos, Palmeiras e Capivariano entram em campo neste sábado, às 18h30, no Allianz Parque, e duelam em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Ambas as equipes vêm de vitórias no último fim de semana e ocupam posições confortáveis em suas chaves. O mando da partida é o trunfo pelo lado alviverde, enquanto a sequência de bons resultados embala a equipe visitante.

No Grupo C, o Verdão lidera de forma isolada, com 12 pontos. A expectativa é conquistar a vitória e tentar, assim, aumentar a vantagem para o segundo colocado (atualmente, o Botafago-SP). No último domingo, o Palmeiras bateu o Penapolense fora de casa por 2 a 0.

O time de Capivari, por sua vez, ocupa a segunda posição no Grupo D, com seis pontos, atrás apenas do Santos. Caso se mantenha nesta colocação até o fim da primeira fase, o Capivariano garante vaga nas quartas de final.

A grande novidade no Palmeiras do técnico Oswaldo de Oliveira é a presença de Arouca na equipe. Há três semanas na Academia de Futebol do Verdão, o volante está em condições físicas de atuar e, no que depender do treinador, deve permanecer em campo ao longo dos 90 minutos da partida.

– Ele precisa definitivamente começar a jogar. Já passou por todos os processos de recuperação, teve uma contusão ano passado e se afastou. Ele vem se ressentindo muito durante os treinamentos. O passo a ser dado agora é jogar (...)  Acredito que ele pode jogar os 90 (minutos) – disse Oswaldo, em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira.

Na agremiação do interior paulista, a novidade não calça chuteiras: trata-se da boa sequência de resultados. Na última rodada, o Capivariano conquistou sua primeira vitória na elite do Paulistão (3 a 0 sobre o Marília). Antes disso, a equipe do técnico Ivan Baitello já havia engatado três jogos sem perder (empates contra São Bernado, Mogi Mirim e Ituano). Após duas derrotas no início da competição, o time já soma quatro partidas de invencibilidade.

– Sabemos a dificuldade que é jogar contra um grande clube, em seu domínio, no estádio novo, numa atmosfera positiva. Mas temos de ir com uma expectativa boa. Nossa missão é irmos preparados para fazer volume e agredir. Estamos há quadro jogos sem perder, temos de entrar em campo pensando em pontuar – comentou Baitello em conversa com o LANCE!Net, também nesta sexta.

Allianz Parque preocupa técnico do Capivariano (Foto: Ari Ferreira)

DESFALQUES

Entre os inscritos no Paulistão, Valdívia é a única baixa do Palmeiras para o jogo deste sábado. O chileno ainda se recupera de lesão na coxa esquerda. Pelo lado do Capivariano, além dos machucados Amaral (estiramento muscular) e Fernando Lombardi (torção do joelho esquerdo), Vinícius não joga por pertencer ao Verdão ("acordo de cavalheiros" entre os presidentes dos dois clubes).

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X CAPIVARIANO

Data/Hora: 28/2/2015, às 18h30
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Norberto Luciano Santos da Silveira
Auxiliares: Risser Jarussi Corrêa e Leandro Fernandes Rodrigues

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Arouca, Robinho, Allione e Dudu; Cristaldo. Técnico: Oswaldo de Oliveira

CAPIVARIANO: Douglas; Oliveira, Hélio, Marllon e Pedro Henrique; Júlio César, Samuel Souza, Kleiton Domingues e Aílton; Rodolfo e Romão (Franci). Técnico: Ivan Baitello