icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
07/02/2015
18:47

O Atlético-MG visitou o Mamoré, em Patos de Minas, na tarde deste sábado, em duelo válido pelo Campeonato Mineiro, e realizou seu primeiro jogo no estádio Bernardo Queiroz, inaugurado na temporada de 2009. Novamente sem poupar os jogadores, Levir Culpi viu seu time não ter que fazer muito esforço para sair de campo vencedor. Com gols de Jemerson e Luan, cada um em um tempo, o time da capital voltou para Belo Horizonte com a vitória por 2 a 0. 

A equipe da casa, que ainda perdeu um pênalti na partida, segue na lanterna com nenhum ponto conquistado e saldo de sete gols negativos.

GALO LEVA SUSTO, MAS VICTOR PEGA PÊNALTI

Superior tecnicamente, o Atlético teve tranquilidade desde o início da partida. Com posse de bola que chegou a 70%, o Galo dominou e tomou as rédeas do jogo como queria. O gol que inaugurou o placar saiu com naturalidade. Na inversão de bola, destaque para a ajeitada de Pedro Botelho para Luan. Na sequência, a escorada de Pratto para Jemerson estufar as redes.

O primeiro grande lance de perigo do Mamoré surgiu somente aos 20 minutos, mas Charles não finalizou bem mesmo entrando livre pela entrada da área. Na segunda descida, Jemerson até chegou a cometer um pênalti em Bruno Limão, mas o autor do primeiro gol contou com a elasticidade de Victor, que pulou bem no canto esquerdo e pegou a cobrança rasteira de Diego Sales.

Em comportamento parecido com o do seu primeiro jogo, o Atlético tirou o pé e diminuiu o ritmo à medida que a chuva aumentou em Patos de Minas. O Mamoré, em contrapartida, aumentou o ímpeto em busca do gol de empate.

LUAN FAZ GOLAÇO E GALO ADMINISTRA VITÓRIA

No segundo tempo, Levir promoveu pela primeira vez a volta do atacante Jô. Pouco tempo depois, o centroavante faria parte da jogada que resultou no gol de Luan, um foguete de fora da área que se encontrou com o cantinho direito do goleiro.

Mesmo sem um futebol para encantar os olhos da torcida no interior mineiro, o Atlético seguiu mais presente no campo de ataque. Assim como ocorreu na etapa inicial, o time alvinegro apenas administrou o restante da partida, sem tomar mais sustos. Nos dez minutos finais, Jô ainda teve uma boa oportunidade para dar fim à série negativa de nove meses sem gols, mas a bola caiu na perna direita e o atacante chutou em cima do goleiro.

Com o resultado, o Atlético soma seis pontos na tabela, superando o América, hoje com quatro, e assumindo a liderança da competição. Caldense, Cruzeiro, Villa Nova e URT ainda jogam neste domingo e podem igualar a pontuação do Galo. Já o Mamoré amarga sua segunda derrota em dois jogos a uma rodada do clássico da cidade de Patos de Minas contra o URT.

FICHA TÉCNICA
MAMORÉ 0x2 ATLÉTICO-MG

Data/Hora: 07/02/2015, às 17h
Local: Bernardo Queiroz, em Patos de Minas
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF)
Auxiliares: Janette Mara Arcanjo (FIFA/FMF) e Ricardo Junio de Souza (CBF/FMF)
Cartões amarelos: Pablo (MAM), Dátolo, Luan (CAM)

GOLS: Jemerson, 11'1ºT (0-1); Luan, 18'2ºT (0-2)

MAMORÉ: Juliano, Gilberto, Pablo, Marco Thiago (Ernani - 17'2ºT) e Bruno Limão; Maxsuel, Denílson e Alan Bahia; Diego Sales, Bruno Aquino (Jhonatan Reis - 34'2ºT) e Charles (Esquerdinha - 11'2ºT). Técnico: Alexandre Barroso.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva e Pedro Botelho; Leandro Donizete, Rafael Carioca; Dátolo (Dodô - 26'2ºT), Luan, Carlos (Maicosuel - 16'2ºT) e Lucas Pratto (Jô - 16'2ºT). Técnico: Levir Culpi.