icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
14:38

Após briga entre os torcedores, que deixou um morto e 11 feridos, o Atlético de Madrid bateu facilmente o La Coruña, no estádio Vicente Calderón, por 2 a 0. Os gols da vitória foram marcados por Saúl e Turan.

Se o clima fora do estádio era de tumulto e confusão, dentro a atmosfera era outra. Troca de cachecóis entre os rivais foi uma prova de que o que ocorrera fora do Vicente Calderón não tinha sido levado para campo.

O Atlético entrou em campo disposto a reduzir a vantagem do rival Real na tabela de classificação, após vitória merengue no sábado. E o time treinado por Simeone mostrou desde o princípio que usaria toda a força da torcida de Madri. Mas a bola não entrava, com direito a bola na trave de Mandzukic. Quando parecia que a primeira etapa passaria zerada, o atacante entrou em ação novamente. Em cobrança de falta pela esquerda, o croata desviou a bola, que sobrou para Saúl marcar, aos 42 minutos.

E MAIS
- Briga antes de Atlético de Madrid e La Coruña deixa um morto na Espanha


Jogadores comemoram gol no Vicente Calderón (Foto: Philippe Marcou/ AFP)

No início do segundo tempo, o golpe fatal. Aos nove minutos, após cobrança de escanteio, a zaga afastou mal e a bola sobrou para Turan, que chutou de fora de área para fechar o placar.

No domingo, o Atlético viaja para enfrentar o Elche.