icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/04/2014
15:54

O líder Atlético de Madrid deu um grande passo neste domingo para conquistar o Campeonato Espanhol. Com a vitória sobre o Getafe por 2 a 0, fora de casa, o time chegou a 82 pontos e abriu três de vantagem para o segundo colocado Real Madrid e quatro para o Barcelona, que está em terceiro.

Os Colchoneros entraram em campo cientes de que precisavam vencer para conseguir a vantagem confortável. Assim, imprimiram o seu estilo de jogo desde o início, com muita marcação e velocidade nos contra-ataques.

A dupla de ataque do Atlético de Madrid deu trabalho ao adversário como já é de costume. David Villa, em uma excelente cabeçada, e Diego Costa, após jogada individual, quase marcaram. Porém, aos 40 minutos, quem abriu o placar foi o zagueiro Godin. Ele recebeu cruzamento e cabeceou por cima do goleiro Codina, que saiu muito mal do gol.

No segundo tempo, a equipe deu mais espaço para o Getafe tocar a bola e quase levou o empate. Rodríguez subiu mais alto que a zaga na cobrança de escanteio e obrigou o goleiro Courtois a fazer ótima defesa.

A chance de ouro do Atlético de Madrid garantir a vitória foi no pênalti sofrido por miranda, que resultou na expulsão de Alexis. No entanto, o goleiro Codina se redimiu da falha no primeiro gol e defendeu a cobrança de Diego Costa.

No fim, o brasileiro naturalizado espanhol marcou o segundo do Atlético de Madrid, aproveitandocruzamento e completando para o gol vazio. Só que ele não pôde comemorar. No lance, ele se chocou com a trave, machucou a perna esquerda e saiu de campo com um semblante preocupante.

Dúvida para a Copa? Diego Costa marca, mas se machuca