icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/03/2014
14:50

O Atlético de Madrid fez a sua parte, venceu o Betis por 2 a 0 no Estádio Benito Villamarín, em Sevilha. Agora os colchoneros esperam. Torcem por uma vitória do Barcelona sobre o Real Madrid, jogo que começa às 17h (de Brasília), para voltarem à liderança do Campeonato Espanhol ainda neste domingo.

O hispano-brasileiro Diego Costa deixou a sua marca, ao anotar o segundo gol. No entanto, já havia tido um gol mal anulado no primeiro tempo. Gabi, aos 13 minutos da etapa complementar, abriu o placar.

Costa, por sinal, se envolveu no primeiro tempo em um momento de tensão com o zagueiro Paulão, do Betis. Ambos trocaram pontapés e ameaças, na sequência de um empurrão do atacante do Atlético de Madrid. O zagueiro bético acabou voando por cima das placas de publicidade.

Na segunda etapa, os gols saíram. Se com jeito não dava, a saída foi apostar na força. Um chute de fora da área de Gabi deu tranquilidade ao Atlético de Madrid.

Pouco tempo depois, Diego Costa tentou fazer de pivô e Raúl García chutou para fora. O atacante acabou dando lugar ao meia brasileiro Diego.

Cinco minutos após fazer o primeiro, o Atlético de Madrid alcançou o segundo gol. Koke ajeitou de cabeça, após bola rechaçada pela zaga do Betis, e Diego Costa pegou firme para marcar o seu 23º gol na liga. O atacante tem apenas dois gols a menos que Cristiano Ronaldo.

O Atlético de Madrid tem agora 70 pontos. Faz campanha excelente, o que dá moral, inclusive, para os duelos contra o Barcelona pelas quartas de final da Liga dos Campeões. Quanto ao Betis... Bem, a equipe é lanterna do Campeonato Espanhol, com apenas 19 pontos, e caminha a passos largos para a Segunda Divisão.