icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
13/12/2013
11:30

Adriano terá de se dedicar muito para assinar contrato e depois ser inscrito pelo Atlético-PR, vice da Copa do Brasil e terceiro colocado no Brasileirão, na Libertadores. O Furacão, que estreia na primeira fase contra o Sporting Cristal (PER) e depois pode integrar o Grupo 1, está confiante na recuperação do Imperador.

- Ele tem seus problemas, que são públicos, mas temos um programa de recuperação muito bom, com um grupo de psicólogos - disse Antônio Carlos Bettega, presidente do Conselho Deliberativo do clube, em Luque (PAR) após o sorteio da Libertadores.

Adriano chegou ao Furacão no início de dezembro, ainda sem contrato. O Furacão abriu as portas para o jogador chegar ao preparo físico ideal e, se for bem, pode ficar no clube. Adriano não joga desde março de 2012, quando deixou o Corinthians. O jogador quase chegou a assinar com o Internacional, mas o Colorado recuou.

A promessa foi de treinar sob responsabilidade própria para entrar em forma e buscar um novo clube. A esperança de recuperação do atacante com passagens pela Seleção Brasileira está no exemplo de Rodolfo, goleiro atleticano que ficou um ano suspenso, pelo uso de cocaína.

- Recuperamos esse goleiro que foi pego no doping, o Rodolfo, que era usuário de cocaína assumido. Esta melhorando, dando palestras. Adriano me passou uma boa impressão, mas tera de fazer o que determinamos. Se der resposta, óbvio que o usaremos na Libertadores - completou.