icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
03/11/2014
18:30

O Atlético-MG afastou três jogadores por conta de atos de indisciplina durante a viagem da delegação a Curitiba, onde o time enfrentou o Atlético-PR, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O lateral-esquerdo Emerson Conceição e os atacantes André e Jô não participam mais do elenco comandado por Levir Culpi. O diretor de futebol Eduardo Maluf justificou o afastamento do grupo, comunicado à imprensa nesta segunda-feira.

De acordo com o dirigente, o imbróglio envolvendo o trio ocorreu na madrugada desta segunda, após a delegação se reunir para jantar no restaurante do treinador alvinegro na capital paranaense.

– Nós fomos jogar em Curitiba no domingo, dentro do nosso planejamento, jantaríamos no restaurante do Levir Culpi. Foi toda a delegação e comissão técnica. Saímos por volta de uma e meia e retornamos ao hotel. Os três atletas cometeram uma indisciplina grave, infringindo as normas disciplinares do clube, e, em contato com o presidente Alexandre Kalil e o Levir, definimos que esses jogadores não fazem mais parte dos planos do Atlético-MG – disse.

Maluf ainda destacou que o departamento jurídico do atleta passa a ser o responsável por definir a situação do trio, que embora tenha vínculo com o clube, não jogarão mais pelo Galo.

– Nós poderíamos deixar para divulgar isso na quarta-feira ou na quinta depois do jogo. Nós temos um elenco de 30 atletas. Não abrimos mão da parte disciplinar de forma alguma. Em um passado recente, trouxemos o Jô de volta por entender que ele passava por um momento familiar ruim, e nós olhamos mais o lado humano – concluiu.