icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
20:59

A uma hora do Atlético-MG enfrentar o Olimpia, pelo jogo de ida da decisão da Taça Libertadores da América, os atleticanos já esboçaram um pouco do apoio à equipe mineira. A partir da sua entrada no Defensores Del Chaco, nesta quarta-feira, o grupo não parou de cantar, diante dos calados torcedores do Olimpia. A empolgação atleticana aumentou no momento em que os jogadores passaram pelo gramado.

Um por um, os nomes dos jogadores do Galo foram entoados pela torcida, enquanto os torcedores paraguaios tentavam abafar a cantoria com gritos hostis. O elenco atleticano, que ainda não estava com uniforme de aquecimento ou de jogo, sentiu um pouco do apoio que terá dos 1,6 mil torcedores durante os 90 minutos no Defensores Del Chaco.


A uma hora do Atlético-MG enfrentar o Olimpia, pelo jogo de ida da decisão da Taça Libertadores da América, os atleticanos já esboçaram um pouco do apoio à equipe mineira. A partir da sua entrada no Defensores Del Chaco, nesta quarta-feira, o grupo não parou de cantar, diante dos calados torcedores do Olimpia. A empolgação atleticana aumentou no momento em que os jogadores passaram pelo gramado.

Um por um, os nomes dos jogadores do Galo foram entoados pela torcida, enquanto os torcedores paraguaios tentavam abafar a cantoria com gritos hostis. O elenco atleticano, que ainda não estava com uniforme de aquecimento ou de jogo, sentiu um pouco do apoio que terá dos 1,6 mil torcedores durante os 90 minutos no Defensores Del Chaco.