icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
11/11/2014
13:06

Campeões olímpicos, técnicos e militantes do atletismo indignados com a atual situação do estádio de atletismo Célio de Barros, no Rio de Janeiro, se reuniram na noite desta segunda-feira na Tijuca, na Zona Norte da cidade. Sem oposição, a chapa Volta Célio, presidida pela técnica Solange Chagas do Valle, foi eleita por unanimidade para o comando da Associação dos Amigos do Célio Barros (AACB).

Mesmo treinando em São Paulo, a recordista sul-americana dos 100m e 200m, Ana Claudia Lemos, veio até o Rio de Janeiro para se juntar à Associação nessa luta.

- É uma pena não ter o Célio de Barros para o atletismo. Vi grandes atletas competirem nesse excelente estádio. Minha vontade é que ainda nas Olimpíadas eu possa correr e bater recordes lá - disse esperançosa.

Foco de campanhas eleitorais, como a do governador Pezão, que prometeu reconstruir o Célio de Barros, a situação do estádio não é nada boa. Atualmente tem sido utilizado como estacionamento do Maracanã.

- Ver um patrimônio público cultural, social e esportivo destruído e servindo de estacionamento é ultrajante para um profissional do esporte e cidadão da cidade sede dos Jogos Olímpicos. Devido à privatização do Maracanã, local de grande parte da minha formação esportiva e social, o atletismo do Rio de Janeiro foi penalizado - desabafa o idealizador e secretário geral da AACB, o preparador físico e fisiologista Daniel Gonçalves.

Além da reconstrução imediata do estádio, a AACB visa ainda a preparação dos atletas para os Jogos Olímpicos Rio 2016, assim como a difusão e ampliação do atletismo como patrimônio imaterial, histórico e cultural do Estado do Rio de Janeiro.

Já no próximo dia 22, no portão 17 do maracanã, às 8h, o grupo participará da 5ª Corrida e Caminhada de Confraternização pela reconstrução do Estádio Célio de Barros.

- Vamos aproveitar o evento para engajar um público maior e fazer valer a nossa voz. Agora, com a AACB, estamos organizados, estruturados para lutar pela reconstrução do nosso estádio. Por isso, convoco toda população do atletismo e simpatizantes a comparecerem na manifestação - finalizou a presidente da AACB.