icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
29/11/2014
19:20

Ainda no gramado do Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP), os jogadores do Joinville estenderam a euforia pela conquista inédita da Série B do Brasileirão à torcida e à diretoria do clube catarinense. Em meio à volta olímpica, os atletas valorizaram a maneira suada como a equipe garantiu o título - após a derrota para o Oeste, neste sábado, e um tropeço da Ponte Preta como mandante:

- Desde o começo foi muito brigado, o final foi bastante sofrido, mas graças a Deus, glorioso. Todo mundo me deu força, confiança sempre, e a equipe está de parabéns por este título - afirmou o atacante Edigar Junio, à Rádio Cultura AM.

Questionado sobre a possibilidade de seguir no Tricolor para a disputa da Série A em 2015, o jogador, que tem direitos econômicos pertencentes ao Atlético-PR, manifestou sua vontade:

- Não tem como dizer não a ficar aqui (no Joinville), pois eu me senti em casa. A torcida e a cidade me acolheram, e as duas estão de parabéns por este título de hoje (sábado)

O meia Marcelo Costa reforçou a confiança depositada no elenco do JEC para esta competição:

- Estão todos de parabéns porque não deixaram de acreditar. Parabéns à torcida e à diretoria, que honrou os salários e deu confiança a nós, jogadores. Tivemos duas oportunidades pra buscarmos e não conseguimos a vitória antecipada. Foi longe de casa, como foi a festa do acesso. Parabéns a todos. Podem comemorar, torcedores.