icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
23/02/2015
23:21

O semblante de frustração ficou visível entre os jogadores do Grêmio após o empate em 0 a 0 com o Juventude, nesta segunda-feira. Somente o meia Giuliano, que estreou em 2015, após se recuperar de cirurgia no púbis, viu um lado positivo no terceiro tropeço consecutivo da equipe na Arena, em jogos válidos pelo Gauchão na temporada:

- Muito feliz por estar voltando. Estarei em condições muito melhores neste ano. Foi complicado o jogo de hoje (segunda-feira). Jogamos bem, pressionamos, mas faltou o gol - afirmou, à Rádio Gaúcha.

Já o volante Fellipe Bastos fez duras críticas ao setor ofensivo do Imortal neste novo tropeço:

- Faltou caprichar mais finalização. Temos um jogo complicado na próxima semana, sabemos que é um jogo à parte. A gente esperava conseguir esses três pontos para entrar bem no domingo. Vamos ter de trabalhar, para que a gente capriche mais um pouquinho.

O zagueiro Rhodolfo questionou a postura da equipe diante de adversários que atuam em uma postura mais defensiva:

- É complicado, a gente erra muitas jogadas quando enfrenta times retrancados. Temos de treinar bastante, tem um Gre-Nal pela frente.

O goleiro Marcelo Grohe também disse não compreender a maneira como o Grêmio esbarra diante de rivais mais fechados:

- É difícil explicar. Enfrentamos times que se defendem e, mesmo cosneguindo posse de bola, a gente não sabe como se infiltrar. O Felipão vai trabalhar para corrigir esses erros para o Gre-Nal e também para no próximo jogo em casa () conseguir uma vitória.

O Grêmio voltará a jogar na Arena em 7 de março, contra o Caxias.