icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
00:45

O árbitro Leonadro Ferreira Lima também teve culpa pelo péssimo nível do empate sem gols entre Mogi Mirim e Santos, nesta quarta-feira. Quem afirma é o atacante Thiago Ribeiro, que reclamou das muitas faltas marcadas no duelo.

Segundo dados da parceria LANCE!Net/Datafactory, foram 31 infrações anotadas na partida do Romildão, sendo 20 delas contra o Peixe. Para Thiago, isso atrapalhou o andamento da partida e colaborou para o 0 a 0.

- Ele (árbitro) estava apitando qualquer choque e dessa forma o jogo não flui, é muita falta. Se apitar qualquer encontrão não tem jogo - disse o camisa 11, que assim como outros atletas reclamou do estado do gramado em Mogi.

Já o lateral-esquerdo Chiquinho preferiu exaltar o ponto conquistado ao invés de lamentar o empate e a má atuação.

- Não conseguimos a vitória, mas o empate não é ruim. Agora é trabalhar. No campeonato o importante é estar pontuando - destacou.

O elenco alvinegro já se reapresenta nesta quinta-feira, quando os titulares farão apenas trabalho regenerativo no CT Rei Pelé. O Santos volta a campo no domingo, contra o Red Bull, em partida que foi transferida da Vila Belmiro para a cidade de São José do Rio Preto.