icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/06/2014
12:25

Ainda sem data marcada para retornar ao octógono, Raphael Assunção continua na campanha para conseguir uma chance de disputar o cinturão peso-galo do UFC. O brasileiro, que já derrotou TJ Dillashaw por decisão dividida no ano passado, pede uma nova luta contra o americano para tentar conquistar o título da organização.

Assunção era esperado para enfrentar Renan Barão no UFC 173, que aconteceu no último dia 24 de maio mas, devido a uma lesão, o brasileiro teve de recusar o confronto e acabou sendo substituído por Dillashaw. No evento, o americano surpreendeu Barão e nocauteou o brasileiro no quinto round. Agora recuperado da contusão, Assunção garantiu, em entrevista ao site "MMA Junkie", que está pronto para disputar o cinturão.

- Posso estar pronto para lutar quando quiserem. O UFC tem uma agenda apertada e acho que já organizaram tudo até setembro. Então essa seria uma boa data para a luta (contra Dillashaw), entre setembro e outubro - afirmou o brasileiro, que ainda revelou que já houve contato por parte do Ultimate.

- Recebi uma mensagem do UFC ontem perguntando sobre minhas lesões. Então no momento só quero ver como isso vai se desenvolver. Já estou ansioso. Não quero esperar mais. Estou pronto - completou o atleta.

Raphael Assunção está invicto desde que desceu para a divisão dos galos, com seis vitórias consecutivas na categoria. O brasileiro enfrentou TJ Dillashaw em outubro do ano passado, em São Paulo, e bateu o americano por decisão dividida em duelo que recebeu o prêmio de "Luta da noite". Ao todo, Assunção possui 21 vitórias e quatro derrotas na carreira, enquanto o americano tem 10 triunfos e duas derrotas em seu cartel.