icons.title signature.placeholder Walace Borges
icons.title signature.placeholder Walace Borges
30/07/2013
12:52

Visivelmente irritado, o presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, comentou sobre o vídeo no qual Eduardo Bandeira de Melo, presidente do Flamengo, cantava debochando do Glorioso. Após o gol de Elias, no empate em 1 a 1 com o Botafogo, neste domingo, o mandatário da Gávea cantou a música "Ninguém cala esse chororô", uma paródia rubro-negra da música que ficou famosa entre os alvinegros.

- É claro que tenho conhecimento desse vídeo. Mas desculpa, não dá para fazer nenhum tipo de comentário. O vídeo em si é patético, os senhores exigirem de mim qualquer resposta é perda de tempo. Tem coisa muito mais importante para o presidente do Botafogo fazer do que dar esse tipo de resposta - afirmou Assumpção em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, no Engenhão.

E MAIS:

> Mauricio Assumpção revela promoção para jogo do Bota contra o Vitória
> Titulares ficam na academia de novo, mas Seedorf vai ao campo
> Volante Gabriel vê evolução no futebol do uruguaio Lodeiro
> Equilibrado, Seedorf acalmou elenco no vestiário após empate contra o Fla
> Presidente do Flamengo canta música zoando o Botafogo

O presidente do Botafogo ainda deu outras alfinetadas no Rubro-Negro durante a entrevista. Em determinado momento, brincou com o fato de o rival ter escapado da zona de rebaixamento:

- No fim do clássico, a torcida deles foi bem. Exaltaram a atuação da equipe e comemoram mais, é verdade, porque eles saíram da zona de rebaixamento. Para esse jogo contra o Vitória vai ser diferente. Estamos brigando pela liderança do campeonato, diferentemente de outras equipes. Vai ser um jogo mais duro tecnicamente do que contra o Flamengo.

Visivelmente irritado, o presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, comentou sobre o vídeo no qual Eduardo Bandeira de Melo, presidente do Flamengo, cantava debochando do Glorioso. Após o gol de Elias, no empate em 1 a 1 com o Botafogo, neste domingo, o mandatário da Gávea cantou a música "Ninguém cala esse chororô", uma paródia rubro-negra da música que ficou famosa entre os alvinegros.

- É claro que tenho conhecimento desse vídeo. Mas desculpa, não dá para fazer nenhum tipo de comentário. O vídeo em si é patético, os senhores exigirem de mim qualquer resposta é perda de tempo. Tem coisa muito mais importante para o presidente do Botafogo fazer do que dar esse tipo de resposta - afirmou Assumpção em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, no Engenhão.

E MAIS:

> Mauricio Assumpção revela promoção para jogo do Bota contra o Vitória
> Titulares ficam na academia de novo, mas Seedorf vai ao campo
> Volante Gabriel vê evolução no futebol do uruguaio Lodeiro
> Equilibrado, Seedorf acalmou elenco no vestiário após empate contra o Fla
> Presidente do Flamengo canta música zoando o Botafogo

O presidente do Botafogo ainda deu outras alfinetadas no Rubro-Negro durante a entrevista. Em determinado momento, brincou com o fato de o rival ter escapado da zona de rebaixamento:

- No fim do clássico, a torcida deles foi bem. Exaltaram a atuação da equipe e comemoram mais, é verdade, porque eles saíram da zona de rebaixamento. Para esse jogo contra o Vitória vai ser diferente. Estamos brigando pela liderança do campeonato, diferentemente de outras equipes. Vai ser um jogo mais duro tecnicamente do que contra o Flamengo.