icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/04/2014
20:31

No início de março, o assistente de arbitragem Carlos Berkenbrock foi afastado por trinta dias pela Federação Catarinense de Futebol, conforme o LANCE!Net havia noticiado. O auxiliar tinha sido punido por não ter anotado impedimento num gol irregular de Paulo Baier, numa partida entre Criciúma e Metropolitano no quadrangular do campeonato estadual. Contudo, nesta terça-feira, o nome de Berkenbrock esteve entre os indicados a melhor do Campeonato Catarinense.

- O grande culpado foi o bandeirinha. Ele está lá para ver e marcar o impedimento. Quero arrancar as orelhas deles. Não apito, nem bandeiro e a culpa cai toda sobre mim - havia declarado Delfim de Pádua Peixoto, presidente da FCF, diante do erro do assistente na época.

O prêmio, ao qual o auxiliar concorre e nomeado Top da Bola, é realizado pelo Instituto Mapa, em parceira com a Federação Catarinense de Futebol. Além da categoria de assistente de arbitragem, a premiação também reconhece os melhores jogadores, treinadores, preparadores físicos, presidentes dos clubes e árbitros.

Confira a lista de indicados a melhores assistentes de árbitros:

Ângelo Rudimar Bechi; Carlos Berkenbrock; Eder Alexandre; Fernanda Colombo Uliana; Helton Nunes; José Roberto Larroyd; Josué Gilberto Lamin; Kleber Lucio Gil; Maíra Americano Labes; Nadine Schramm Camara Bastos; Neuza Inês Back; e Rosnei Hoffmann Scherer.