icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/04/2014
09:15

A esperança pela recuperação de Michael Schumacher segue grande em meio à especulações diárias sobre seu estado de saúde. Agora, após algum tempo de silêncio, a assessoria oficial do alemão emitiu comunicado dizendo que, ainda que pequenos, ele dá sinais encorajadores de recuperação.

- Estamos e continuamos confiantes de que Michael vai sobreviver e acordar. Às vezes são pequenos, mas encorajadores sinais. Mas nós também sabemos que este é o momento de ser paciente - diz um trecho do comunicado.

Schumacher segue internado no Hospital de Grenóble, na França, desde 28 de dezembro do ano passado, após sofrer um acidente de esqui e chocar a cabeça contra uma rocha. À época, os médicos confirmaram que o capacete do ex-piloto foi o que o salvou da morte.

Nesta semana, veículos repercutiram a informação da imprensa europeia, que dizia que a família de Michael havia gasto 40 milhões de reais em um quarto equipado para receber o alemão em casa, pois o mesmo não retornaria de seu estado vegetativo. Essa informação já havia sido desmentida pela assessoria oficial de Schumacher.

Confira o comunicado da assessoria do piloto na íntegra:

"Estamos e continuamos confiantes de que Michael vai sobreviver e acordar. Às vezes são pequenos, mas encorajadores sinais. Mas nós também sabemos que este é o momento de ser paciente.

Michael sofreu diversas lesões e é muito difícil para nós ver alguém que superou diversas situações complicadas ter se machucado tanto em uma situação tão banal.

Desde o início, ficou claro que esta seria uma luta longa e dura para Michael. Estamos enfrentando esta situação junto com os médicos, que confiamos completamente. A duração do processo não é o que realmente importa.

É confortante ver quanto carinho a família tem recebido, e posso dizer que estão extremamente gratos por isso. No entanto, não deve ser esquecido que a família está lidando com uma situação extremamente íntima e frágil. Com isso, eu gostaria de lembrar a todos que Michael sempre manteve sua família longe da mídia, consequentemente protegendo suas vidas privadas.

Tentamos canalizar todas as energias para ele, e acreditamos piamente que isso o ajudará. Também acreditamos que ele vencerá esta luta.".