icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
13:58

A atuação de Maxi Rodríguez contra o Flamengo encheu os gremistas de esperança. E deu um problema maior para o técnico Renato Gaúcho. Após os dois gols do meia, fica difícil deixá-lo de fora do jogo com a Ponte Preta. E o comandante gremista ainda contará com o retorno de Eduardo Vargas, que disputa amistoso com o Chile nesta terça-fera, a partir das 23h. Como Barcos e Riveros não saem do time, o chileno e o uruguaio brigam pelo espaço no time.

A situação de Vargas fica mais complicada por conta da ascensão de Maxi. O atacante está emprestado até o final do ano e retorna ao Napoli, que quer negociar 50% dos direitos do jogador. O Santos é o principal candidato a contratar o chileno, embora o Grêmio ainda não tenha descartado sua permanência, apenas diz que os valores pedidos pelos italianos são muito altos.

- É mais um problema que eu tenho. É como ter quatro filhos, todos querem ir ao cinema, mas só há dinheiro para três irem. Um vai sobrar, e não vai ficar feliz com isso - destacou Renato Gaúcho.

Renato considera que o atacante chegará a Porto Alegre cansado pelo jogo desta terça e pela viagem do Canadá de volta. Por isso, cogita deixá-lo de fora do jogo com a Ponte Preta. Assim, abre a chance de Maxi Rodríguez continuar no elenco.

- Vargas vai chegar cansado. Tem que ver como ele irá se reapresentar. Não posso confirmar que o Maxi vai jogar, ou não. Ele está no grupo, faz parte do elenco. Pode ser que ele jogue contra o Goiás ou na última partida. Não vou prometer nada para vocês. Mas quando ele entra na partida, rende muito mais - avaliou o treinador.

O Grêmio está de folga nesta terça-feira e retoma os trabalhos apenas na manhã desta quarta-feira.