icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/07/2014
18:36

Os corredores jamaicanos e medalhistas olímpicos, Asafa Powell e Sherone Simpson estão liberados da punição por doping que sofreram em junho de 2013.

A Corte Arbitral do Esporte (CAS), que já havia reduzido ambas as penas de 18 meses, em seis, decidiu pela redução da punição por mais três meses e, com isso, ambos já podem voltar a competir.

A dupla foi suspensa pelo Comitê Disciplinar Anti-doping da Jamaica, após testarem positivo para o estimulante oxilofrina, do qual ambos afirmaram terem tomado por engano.

"A CAS decidiu reduzir o período de inegibilidade de ambos os corredores para seis meses, que já foi cumprida. Os atletas estão livres para competir desde 18 de junho" informou o comunicado oficial da CAS.

Pelo Twitter, Asafa Powell agradeceu à Corte, dizendo que um peso foi tirado de seus ombros e que a justiça foi cumprida. Já Sherone, comentou que estava aliviado e que os corredores finalmente foram vingados.

Asafa e Sherone são aguardados para competir em Lucerna, na Suíça, na próxima terça-feira.