icons.title signature.placeholder Lucas Faraldo Knopf
07/03/2014
20:08

Um dos destaques desta edição do Campeonato Paulista é o meia-atacante Léo Costa, do Rio Claro. Com oito gols marcados, o camisa 8 do Galo Azul é o artilheiro do torneio, ao lado do centroavante Luis Fabiano, do São Paulo.

Em entrevista ao LANCE!Net, o goleador de 28 anos confessou estar surpreso por dividir a artilharia com o Fabuloso. Mais do que isso, Léo Costa rasgou elogios ao camisa 9 do São Paulo, contando que seu time de infância é o Tricolor do Morumbi, clube pelo qual qual ainda sonha jogar.

– Não tenho nem palavras para falar sobre o Luis Fabiano. Ele é nível de Seleção Brasileira. A grande surpresa é eu estar ali (na artilharia), não ele. Ele sempre briga para ser artilheiro. É um centroavante muito bom. Estou quietinho, pela beirada. Se der, estou ali. Devargazinho estou chegando – declarou o atleta do Rio Claro.

– Eu era são-paulino quando criança. Meu sonho sempre foi ser jogador do São Paulo. Ainda tenho esse sonho. Mas é claro que, se pintar outro clube, vou ver pelo lado profissional. Meu maior sonho é jogar em um time grande. Joguei no Guarani, que também é grande. Mas nunca disputei a Série A – completou o meia-atacante.

Após começar sua carreira no ABC paulista, região metropolitana da cidade de São Paulo, Léo Costa rodou por diversos clubes do interior do estado e do Brasil, tais como Guarani, Linense, União São João e Vila Nova, além de ter em seu currículo uma passagem pelo futebol da República Tcheca. Com anos de experiência na bagagem, ele chegou ao Rio Claro no início deste ano, e vem sendo um dos responsáveis pela boa campanha do time no Campeonato Pauslita.

– Estou muito feliz. Graças a Deus estou vivendo este bom momento. Fazendo o coletivo, o individual sempre vai aparecer. Venho me destacando com gols. Minha verdadeira função nunca foi fazer muitos gols. Mas espero que não passe (a fase de goleador), que possa fazer muito mais – contou o jogador.

PAULISTÃO

Com 19 pontos ganhos, o Rio Claro ocupa a terceira posição do Grupo D, empatado com o segundo colocado Bragantino em número de pontos, mas ocupando uma posição a menos devido ao número de vitórias. Assim, o Galo Azul tem boas chances de, caso engate uma boa reta final na primeira fase, se classificar para o mata-mata. Questionado se, além da classificação, sua equipe pode sonhar com o inédito título paulista, Léo Costa hesitou, mas não deixou a fé de lado.

– A gente está tentando dar um passo de cada vez. Fugimos do rebaixamento e agora estamos pensando na classificação. Depois, por que nao pensar mais adiante? É muito difícil, mas vamos ver o que vai dar. Se deixarem, por que não podemos sonhar? – analisou o artilheiro do Paulistão.

O Rio Claro enfrenta a Ponte Preta na noite deste sábado, às 18h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Léo Costa, suspenso por ter acumulado três cartões amarelos, é desfalque para esta 13ª rodada do campeonato.