icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2014
00:33


Palco de grandes jogos durante a Copa, a Arena Fonte Nova seguiu festejando na noite desta quarta-feira não só pela vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Bahia, mas também por Rogério Ceni. Ou melhor, pelo ato de carinho do grande ídolo com os torcedores depois da vitória que colocou o Tricolor na vice-liderança do Brasileirão.

Depois do apito final, o capitão foi às cadeiras do estádio e fez a alegria dos fãs. Presenteou uma criança com a sua toalha, arremessou a luva para a arquibancada e fez o mesmo até com a sua sagrada braçadeira.

Outra atitude do goleiro-artilheiro também chamou a atenção. Mesmo após 90 minutos em campo, ele se juntou aos reservas e realizou uma leve corrida ao lado de Denis.

– Foi só para complementar. Até trabalhei um pouco, mas tem viagem a madrugada toda, é bom trabalhar porque senão o peso aumenta.

Com o pênalti convertido que abriu o placar em Salvador (BA), Rogério chegou ao seu 49º gol no Brasileiro na era dos pontos corridos, desde 2003. Ao lado de Luis Fabiano, com três bolas na rede, ele é o artilheiro da equipe na atual edição do torneio.

– (A atuação) Foi boa. A gente foi mais objetivo no primeiro tempo, chegou mais vezes e fez os gols no começo para ganhar confiança. Mantivemos bem a bola, talvez um pouco recuado demais. Não foi espetacular, mas foi um grande jogo.