icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/11/2014
15:54

Mais uma vez o torcedor do Arsenal se decepcionou. Neste domingo, os Gunners foram ao País de Gales e deixaram o Liberty Stadium com uma amarga derrota por 2 a 1 para o Swansea. A partida foi válida pela 11ª rodada do Campeonato Inglês.

Resultado péssimo para fechar uma semana em que o Arsenal teve um 3 a 3 com o Anderlecht pela Liga dos Campeões. O clima ficará ruim para o técnico Arsène Wenger na preparação para o clássico contra o Manchester United, no próximo dia 22.

O primeiro tempo já havia sido sofrível para o torcedor do Arsenal. Além da chuva e do frio, o time não apresentou capacidade para furar o bloqueio do Swansea. Para piorar, ainda tomava sustos em contra-ataques.

Uma pontada de alívio veio aos 18 minutos do segundo tempo, em uma arrancada pela direita de Welbeck. O veloz atacante deixou a marcação para trás na corrida e cruzou. Alexis Sánchez apareceu no centro da área para marcar.

Só que torcer para o Arsenal é algo suscetível às surpresas desagradáveis. Gibbs parou uma descida de Barrow. Sigurdsson foi para a cobrança e mandou no ângulo do goleiro Szczesny.

O empate havia acontecido aos 29 minutos. Pois sabe aquela coisa ruim que pode piorar? Três minutos depois, Montero cruzou e Gomis cabeceou para virar a partida a favor do Swansea.

No desespero, Wenger colocou Walcott e Wilshere em campo nos lugares de Ramsey e Flamini. De nada adiantou, era tarde demais.

A vitória fez o Swansea pular para a quinta colocação, com 18 pontos, superando o próprio Arsenal na classificação. Os Gunners estão em sexto neste momento, com 17 pontos.