icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
16:14

Apesar de ter marcado apenas cinco gols no Campeonato Paulista, dois a menos que Gabriel e Geuvânio e três a menos que o artilheiro Cícero, o atacante Leandro Damião caiu nas graças da torcida do Santos. Em levantamento publicado nesta terça-feira, a franquia de lojas do clube, chamada Santos na Área, divulgou que 30% das camisas comercializadas carregam o nome do camisa 9, que supera todos os outros jogadores do elenco.

A loja do Peixe comercializa mais de 500 itens, e o mais vendido é a camisa 9 de Leandro Damião, que ainda foi alvo de outras ações de marketing do Peixe, como o lançamento da camisa do "Bigode Grosso", utilizada já em sua apresentação. O atacante também foi o modelo da fornecedora Nike na apresentação do novo uniforme, na cor amarela.

Desde sua estreia, contra o Linense, no dia 6 de fevereiro, Leandro Damião entrou em campo mais dez vezes, todas como titular. O camisa 9 só deixou sua marca na quarta partida pelo Santos, nos 2 a 1 diante do Atlético Sorocaba, mas foi defendido pelo técnico Oswaldo de Oliveira, que deu várias declarações tentando dissociar os R$ 42 milhões pagos pelo Santos, com apoio do grupo Doyen Sports, ao Inter, do rendimento demonstrado dentro de campo.

Damião marcou um dos gols da vitória por 3 a 2 sobre o Penapolense, no último domingo, em partida que deu ao Santos vaga na final do Campeonato Paulista. Nesta quarta, o jogador, junto ao restante dos titulares, ficou em Santos para ser preservado do compromisso de estreia da Copa do Brasil. Na temporada, o Peixe anotou 46 gols em 17 partidas.