icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/07/2013
08:05

De um time "98% rebaixado" a bicampeão brasileiro em três anos. É assim que se pode definir o Fluminense desde a histórica arrancada na reta final do Campeonato Brasileiro 2009. A mudança é tão grande que o Tricolor alcançou o posto de time que mais pontuou na principal competição nacional neste período. A contagem tem início na 26ª rodada daquela edição.

Foi após aquela arrancada que o Tricolor começou a ser chamado de "Time de Guerreiros". O que começou nas arquibancadas acabou contagiando o grupo, que contrariou as estatísticas e conseguiu a fuga de um rebaixamento tido como iminente pelos matemáticos especializados no assunto. O apelido acabou virando marca do time.

Desde então, o Tricolor conquistou duas vezes o Brasileiro, em 2010 e 2012 e, entre eles, em 2011, ainda terminou na terceira posição. Somando estas três edições mais a reta final de 2009 e o início de 2013, a equipe já fez 242 pontos. São 28 a mais do que o vice-líder Corinthians, campeão nacional em 2011.

Um dos fatores fundamentais para o crescimento em tão pouco tempo foram as poucas mudanças que aconteceram no elenco e também na comissão técnica. Da arrancada de 2009 para cá, por exemplo, apenas quatro técnicos comandaram o time: Cuca, Muricy Ramalho, Enderson Moreira e Abel Braga. Os próprios jogadores entendem que mudanças em excesso podem não ser positivas para o time.

- Vivi isso no Internacional. Todo ano renovavam o elenco, mas o resultado nunca vinha. Aí, no ano que mantiveram os jogadores, conseguimos vencer. Acredito muito na manutenção do elenco. Os jogadores aqui se conhecem muito bem e isso é importante - disse Edinho.

Se mantiver esta média de pontuação dos últimos anos, a perspectiva para esta edição do Campeonato Brasileiro é a melhor possível. Se vencer de novo, confirma a soberania recente no futebol nacional.

Confira o ranking:

1) Fluminense – 242 pontos
2) Corinthians – 214 pontos
3) São Paulo – 201 pontos
4) Grêmio – 198 pontos
5) Botafogo – 192 pontos
6) Inter – 192 pontos
7) Cruzeiro - 191 pontos
8) Flamengo – 185 pontos
9) Atlético-MG - 177 pontos
10) Vasco – 176 pontos
11) Santos – 175 pontos
12) Palmeiras - 149 pontos

De um time "98% rebaixado" a bicampeão brasileiro em três anos. É assim que se pode definir o Fluminense desde a histórica arrancada na reta final do Campeonato Brasileiro 2009. A mudança é tão grande que o Tricolor alcançou o posto de time que mais pontuou na principal competição nacional neste período. A contagem tem início na 26ª rodada daquela edição.

Foi após aquela arrancada que o Tricolor começou a ser chamado de "Time de Guerreiros". O que começou nas arquibancadas acabou contagiando o grupo, que contrariou as estatísticas e conseguiu a fuga de um rebaixamento tido como iminente pelos matemáticos especializados no assunto. O apelido acabou virando marca do time.

Desde então, o Tricolor conquistou duas vezes o Brasileiro, em 2010 e 2012 e, entre eles, em 2011, ainda terminou na terceira posição. Somando estas três edições mais a reta final de 2009 e o início de 2013, a equipe já fez 242 pontos. São 28 a mais do que o vice-líder Corinthians, campeão nacional em 2011.

Um dos fatores fundamentais para o crescimento em tão pouco tempo foram as poucas mudanças que aconteceram no elenco e também na comissão técnica. Da arrancada de 2009 para cá, por exemplo, apenas quatro técnicos comandaram o time: Cuca, Muricy Ramalho, Enderson Moreira e Abel Braga. Os próprios jogadores entendem que mudanças em excesso podem não ser positivas para o time.

- Vivi isso no Internacional. Todo ano renovavam o elenco, mas o resultado nunca vinha. Aí, no ano que mantiveram os jogadores, conseguimos vencer. Acredito muito na manutenção do elenco. Os jogadores aqui se conhecem muito bem e isso é importante - disse Edinho.

Se mantiver esta média de pontuação dos últimos anos, a perspectiva para esta edição do Campeonato Brasileiro é a melhor possível. Se vencer de novo, confirma a soberania recente no futebol nacional.

Confira o ranking:

1) Fluminense – 242 pontos
2) Corinthians – 214 pontos
3) São Paulo – 201 pontos
4) Grêmio – 198 pontos
5) Botafogo – 192 pontos
6) Inter – 192 pontos
7) Cruzeiro - 191 pontos
8) Flamengo – 185 pontos
9) Atlético-MG - 177 pontos
10) Vasco – 176 pontos
11) Santos – 175 pontos
12) Palmeiras - 149 pontos