icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
17:41

Que o Brasil continua sendo uma das seleções mais respeitadas do vôlei mundial, ninguém duvida. Porém, para uma das grandes armas do grupo comandado por Bernardinho, subir ao lugar mais alto do pódio tem sido um feito raro.

O oposto Wallace, de 26 anos, só viveu essa experiência uma vez pelo time verde-amarelo adulto. Ele fez parte da equipe campeã dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (MEX), em 2011.

A partir desta terça-feira, em Kyoto (JPN), o atleta vai em busca do título da Copa dos Campeões. A equipe nacional já faturou a competição nos anos de 1997, 2005 e 2009, quando o oposto não estava no elenco.

Titular nos últimos torneios disputados pelo Brasil, ele bateu na trave nas duas oportunidades mais recentes: foi prata na Liga Mundial, este ano, e nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

– É sempre muito bom estar com a Seleção, estar no meio dos melhores jogadores do Brasil. Quero muito essa medalha de ouro e conquistar esse título. Vou buscar minha chance, sempre darei meu máximo para ajudar a equipe da melhor maneira possível – declarou.

O jogador garante que a vontade de vencer é a mesma, independente do título que estiver em disputa.

– Sempre será a mesma vontade, a mesma motivação de sempre fazer o melhor resultado com nossa equipe e representar bem o nosso país – finalizou o atacante.

O Brasil estreia na competição nesta terça-feira, às 5h10 (de Brasília), contra o Irã, em Kyoto, no Japão.