icons.title signature.placeholder Michel Castellar
02/07/2014
19:17

Até para prevenir qualquer tipo de distúrbio em Brasília, o governo do Distrito Federal se preparou para receber os argentinos que chegarão para o jogo contra os belgas, pelas quartas de final da Copa do Mundo, no sábado. Para aqueles torcedores que ficarão em carros, ônibus e motorhomes, haverá um local com toda a infraestrutura básica.

Ao chegarem em Brasília, os torcedores serão orientados a seguir para o estacionamento do Parque de Exposições da Granja do Torto. O local tem capacidade para abrigar até quatro mil veículos.

No parque de exposições, que fica a 12 quilômetros do Estádio Nacional de Brasília - Mané Garrincha, os argentinos encontrarão água potável, chuveiros e banheiros. Toda a infraestutura será gratuita.

Do local, além de linhas de transporte público para o estádio, serão disponibilizados ônibus para o Fifa Fan Fest. O preço da passagem será de R$ 3,00.

A previsão é a de que os primeiros argentinos cheguem na madrugada de quinta-feira. A Polícia Federal se preparou para receber 100 mil argentinos.

Mas a estimativa é a de que 50 mil torcedores cheguem a Brasília. Sete policiais argentinos auxiliaram os agentes brasileiros para impedir a entrada de torcedores com histórico de violência. E cerca de 400 policiais federais participarão da operação. Eles patrulharão as estradas, o aeroporto e o estádio.

O esquema operacional adotado nas outras quatro partidas realizadas na capital federal foi mantido e 3.488 policiais trabalharão nas cercanias do estádio e outros 1.404 atuarão no Fifa Fan Fest, que fica a 25 quilômetros do Mané Garrincha. Esse é o mesmo efetivo adotado na partida entre Brasil e Camarões, pela última rodada do Grupo A, realizada em Brasília.