icons.title signature.placeholder Valdomiro Neto
24/06/2014
21:28

Sabella, Sampaoli e Pekerman conduzem suas equipes às oitavas de final

Três seleções sul-americanas comandadas por argentinos estão nas oitavas de final da Copa. Alejandro Sabella (Argentina), Jorge Sampaoli (Chile) e Jose Pekerman (Colômbia) levaram as equipes que comandam à segunda fase. A que se deve o êxito dos treinadores do país platino no Mundial brasileiro? Com a palavra o treinador da Alviceleste, que recheou o comentário de adjetivos: 

- É a capacidade, é a observação, o trabalho, a dedicação, o profissionalismo. Uma série de fatores que, juntos, fazem com que uma pessoa melhore. Tem sido muito bom para nós, argentinos - declarou Sabella na coletiva de véspera de jogo contra a Nigéria. 

Chile e Colômbia já encerraram suas participações na fase de grupos. O time de Sampaoli terminou em segundo no Grupo B, tendo vencido Austrália e Espanha (eliminou os atuais campeões do mundo) e perdendo para a Holanda. Já a Colômbia de Pekerman é uma das sensações do Mundial com três vitórias em três partidas, a liderança do Grupo C e um ataque potente, com nove gols marcados. 

A Argentina joga nesta quarta a sua terceira partida, mas já assegurou a vaga com duas vitórias nos dois primeiros jogos (2 a 1 na Bósnia e 1 a 0 no Irã). Um empate com os nigerianos às 13h no Beira-Rio dará a primeira colocação do Grupo F. Além da Argentina, outro país pode ter três comandante nas oitavas, a Alemanha, com Joachim Low (Alemanha), Klismann (Estados Unidos) e Otmar Hitzfeld (Suíça).