icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
17:48

A derrota que o Figueirense sofreu para o Marcílio Dias na última quarta-feira, por 4 a 3, de virada, não será esquecida tão cedo. Após abrir vantagem de 3 a 1, o time alvinegro sumiu em campo durante o segundo tempo e viu o Marinheiro buscar o resultado em Camboriú.

Segundo o treinador Argel Fucks, os erros individuais cometidos pelo Figueirense foram determinantes para a virada sofrida na segunda etapa do jogo, principalmente a falta de atenção do time alvinegro.

- Faz parte do futebol, não acreditávamos também. O jogo estava controlado, não tinha mais o que jogar, mas aí tivemos três falhas nossas que originaram os gols. Quando você falha muito, você paga o preço de tomar a virada.

Questionado sobre o sistema de jogo apresentado pelo Figueirense, Argel confirmou ter gostado do que viu, apesar do resultado no placar.

- A equipe fez uma boa partida, não se abateu. Viramos o jogo e depois mudamos o jogo, e ficou difícil. O esquema tático é esse, não perdemos por causa do esquema, mas sim porque não estivemos atentos e tivemos falhas individuais. O que não é nosso normal, a gente trabalha muito a bola aérea, a bola parada. O Marcílio acabou fazendo o seu jogo e aproveitando as nossas falhas. Até os 30 minutos do segundo tempo a gente estava bem na partida. Cabe a nós agora a correção dessas falhas para o jogo de sábado.

O Figueirense volta a jogar no sábado, às 17h da tarde, quando recebe o Inter de Lages, no Orlando Scarpelli, pela terceira rodada do Catarinense.