icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/11/2013
12:27

Por meio de uma nota oficial na manhã desta sexta-feira, o Corinthians confirmou que foi assinado o contrato de financiamento a longo prazo com a Caixa Econômica Federal para a Arena Corinthians - banco é patrocinadora master da camisa. A negociação já se arrastava há meses.

Trata-se do empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que, por meio do seu programa BNDES ProCopa Arenas, vai liberar o financiamento no valor de R$ 400 milhões para a construção do estádio, palco da abertura da Copa de 2014 e que, na última quarta-feira, teve seu primeiro acidente grave. O Corinthians terá até 12 anos para quitar esse empréstimo.

A operação é indireta, tendo como agente financeiro intermediário a Caixa, que repassará os recursos à Sociedade de Propósito Específico (SPE) Arena Itaquera S.A., formada por Jequitibá Patrimonial S.A. e Odebrecht Participações e Investimentos S.A. Os recursos do BNDES, repassados pela Caixa, correspondem a 46% do investimento total da obras, estimado em R$ 820 milhões - CIDs serão outra fonte de receita.

A Arena Corinthians é a nona operação aprovada pelo programa BNDES ProCopa Arenas, instituído pelo banco para financiar a construção ou reforma dos estádios da Copa 2014. Antes, foram aprovados financiamentos para as arenas de Belo Horizonte (R$ 400 milhões), Cuiabá (R$ 393 milhões), Fortaleza (R$ 351,5 milhões), Manaus (R$ 400 milhões), Natal (R$ 396,5 milhões), Salvador (R$ 323,7 milhões), Recife (R$ 400 milhões) e Rio de Janeiro (R$ 400 milhões).