icons.title signature.placeholder Marcelo Braga
28/11/2013
10:24

Um dia após a tragédia que matou dois operários que trabalhavam na construção da Arena Corinthians, em Itaquera, na Zona Leste de São Paulo, o estádio amanheceu diferente. Diversos bloqueios podem ser vistos nesta quinta-feira, sobretudo nos locais que dão acesso à área onde o guindaste caiu sobre o painel de led da arena que abrirá a Copa do Mundo de 2014.

Além dos bloqueios, muitos curiosos e equipes de jornalistas chegaram logo cedo à Arena Corinthians. Ainda nesta quinta, haverá uma perícia da Defesa Civil paulistana no local. Uma averiguação do Ministério Público também está prevista para ocorrer no estádio. Um informativo dos funcionários dá conta de que as atividades de construção só serão retomadas na segunda-feira (imagem abaixo).

Além de curiosos e jornalistas, um grupo de crianças foi trazido de São Roque - cidade no interior de São Paulo - para visitar a Arena Corinthians. O passeio dos alunos do Colégio Barão de Piratininga estava agendado antes de a tragédia ocorrer. Os alunos seguirão de Itaquera para a Bienal e de lá para algum shopping da cidade.

 Defesa Civil interdita parte da obra da Arena Corinthians