icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
16:28

O árbitro Ricardo Marques Ribeiro relatou na súmula tentativas de agressão tanto de Bruno César, do Palmeiras, quanto de Fabrício, do Internacional, na confusão que encerrou a vitória do Colorado por 3 a 1, na noite de sábado. De acordo com o juiz, o jogador do time gaúcho ainda tentou invadir o vestiário visitante, quando o duelo já havia terminado no Beira-Rio.

"Expulsei diretamente o atleta nº 6 do Inter por (após ter recebido um tapa seguido de empurrão) revidar com um tapa seguido de empurrão no seu adversário nº 30, senhor Bruno César Zanaki, durante disputa de bola. Houve um tumulto generalizado no campo envolvendo atletas de ambas as equipes, jogadores substituídos e membros das comissões técnicas. O atleta (Fabrício), visivelmente transtornado, dirigiu-se ao adversário mencionado, sendo contido, com muita dificuldade, pelo árbitro, bem como por seus companheiros de equipe. Após deixar o campo de jogo, com a partida encerrada, já na zona mista, ele tentou invadir o vestiário do Palmeiras, sendo contido com extrema dificuldade por seguranças de ambas as agremiações e também pelo árbitro assistente nº1, Márcio Eustáquio Santiago, e pelo assistente adicional nº1, Igor Junior Benevenuto", cita o documento.


Quanto a Bruno César, o árbitro explica que o jogador recebeu o vermelho por conta do tapa e empurrão que deu em Fabrício e depois a tentativa de soco no rosto de Rafael Moura. "O atleta expulso resistiu em deixar o campo de jogo, sendo conduzido por seus companheiros de equipe", acrescentou Ricardo Marques.

Os dois que brigaram receberam o cartão vermelho direto, já nos acréscimos. Alguns minutos antes, Allione foi advertido pela segunda vez e também foi excluído pela arbitragem. Na súmula, foi apenas relatado que o motivo para a expulsão foi um agarrão no ombro de um jogador do Inter, impedindo um ataque "promissor". O camisa 20 não gerou dificuldades para sair do campo.

A derrota manteve o Palmeiras com 39 pontos, a um do Vitória, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento e goleado pelo Flamengo no sábado. Na última rodada, o Verdão recebe o Atlético-PR, enquanto o time baiano pega o Santos, no Barradão.