icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/02/2015
16:52

A comissão de arbitragem da Federação Paulista de Futebol decidiu afastar o árbitro Marcelo Prieto Alfieri por tempo indeterminado de jogos da elite do Campeonato Paulista. Segundo o presidente da comissão, Coronel Marcos Marinho, Alfieri é um "árbitro de nível", mas passa por uma "má fase técnica".

- Ele é um árbitro de nível, mas é inconcebível marcar aquele primeiro pênalti. Ele está passando por uma má fase técnica. Ele será avaliado em outras competições e dependendo dessa avaliação poderá retornar à Série A1 - disse Marcos Marinho, em entrevista à Folha de São Paulo.

O pênalti apontado como "inconcebível" por Marinho, aconteceu aos 42 minutos do primeiro tempo, quando o placar da partida ainda estava zerado.

Mas não é só o erro na penalidade que incomodou a FPF. O lance que originou o gol de empate do Botinha também foi polêmico, já que Alfieri marcou lateral para os corintianos, mas foi o time adversário quem cobrou e a jogada seguiu.

- Ele tinha marcado lateral para o Corinthians e o Botafogo cobrou. Tinha que ter parado a jogada. É ele quem define não o auxiliar - continuou Marinho.

Já no fim da partida, o árbitro marcou outro pênalti para o Corinthians, para revolta dos jogadores do Botafogo. Apesar da indignação tricolor, Marinho viu este último lance como correto e afirmou que no momento do lance, Alfieri "estava bem posicionado e viu o puxão" sofrido por Guerrero.

Após a partida, o meia Jadson afirmou que o time "conseguiu cavar o pênalti" no último minuto.