icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/04/2014
09:42

Depois das declarações polêmicas da esposa vascaína Sandra Henrique, que o deixaram como centro das atenções mesmo antes de a bola rolar, o árbitro da decisão do Campeonato Carioca, Marcelo de Lima Henrique, resolveu falar. O árbitro não concordou com a postura da mulher, disse que já conversou com ela e classificou a atitude como "infeliz".

- Foi desnecessário. Ela me disse que foi ofendida e xingada por uns amigos. Ela é vascaína. Ela é até chata comigo por causa disso. Foi uma grande bobagem entre amigos. Ela foi infeliz porque é torcedora - disse Marcelo, ao blog Extracampo, que faz parte do site do Jornal Extra.

Temendo pela integridade física da esposa, Marcelo revelou também que está pensando em nem a levar ao Maracanã no domingo. Segundo o árbitro, Sandra se expôs sem necessidade e ressaltou que considera muito complicado ela comparecer no estádio. Os dois ainda terão uma conversa para resolver a situação.

- Olha, não estou com vontade de levá-la, não. Ela gosta de ir. É torcedora. Mas acho que ela se expôs sem necessidade. Do jeito que está, é complicado. Ela não pode esquecer que eu sou o árbitro da decisão. Vou conversar com ela, vou dizer que é melhor ela não ir.


Apesar da polêmica, árbitro foi mantido na decisão pela Ferj (Foto: Bruno de Lima/ LANCE!Press)

Mesmo após toda a polêmica, Marcelo de Lima Henrique foi mantido pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro como árbitro da decisão entre Flamengo e Vasco. Para ele, isso não afetará no desempenho dentro da partida.

- Nosso nível é profissional. A gente pensa maior. O respeito é grande. Imagina... São duas instituições centenárias que estão ali! A gente trabalha para fazer o melhor. Treino diariamente pensando em fazer o melhor - finalizou.