icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
24/11/2014
12:41

Já está definido quem será o dono do apito na segunda e decisiva final da Copa do Brasil, marcada para às 22h desta quarta-feira. Em campo, Cruzeiro e Atlético-MG buscam o título para coroar a temporada de 2014. Para a partida, Luiz Flávio de Oliveira será o responsável por apitar o jogo. Marcelo Van Gasse e Emerson de Carvalho serão os auxiliares, mas a escalação de um dos árbitros auxiliares realimentou uma recente polêmica.

Além de Paulo Henrique Godoy, Ricardo Marques Ribeiro será um dos árbitros que ficarão ao lado de um dos gols. Em setembro, Ribeiro fcou marcado pelo erro grosseiro na partida entre Santos e Goiás. Na ocasião, o auxiliar estava ao lado do gol em que Esquerdinha chutou, mas não viu a bola entrar muito além da linha, após bater no travessão e quicar no gramado. O erro do auxiliar já é considerado um dos mais graves na atual edição do Campeonato Brasileiro.

Neste último final de semana, Ricardo Marques apitou o clássico Corinthians e Grêmio, na Arena Corinthians, que também gerou muitas reclamações, principalmente por parte dos gaúchos.

Árbitro principal da partida, Luiz Flávio é aspirante da FIFA e já participou de 20 partidas na Série A do Brasileirão. Na Copa do Brasil, foram três jogos, sendo dois deles entre Atlético-MG e Flamengo, pela semifinal do torneio. Ainda pela primeira divisão nacional, o último grande jogo que Luiz Flávio esteve em campo foi no Grenal do dia 9 de novembro, vencido pelo Grêmio por 4 a 1. Em entrevista à ESPN, o gerente de futebol do Cruzeiro, Valdir Barbosa, comentou sobre a escalação de Luiz Flávio e Ricardo Marques para a partida.

- O Luiz Flávio de Oliveira é um bom árbitro. Coloco ele na prateleira de cima, deixa a bola rolar, não fica parando o jogo e dá a lei da vantagem. Acho isso importante para que o jogo seja valorizado. O Ricardo marques será auxiliar mas também é desse nível. Cometeu um erro crasso mas não retiro a sua qualidade técnica. Estou satisfeito - comentou Valdir.

Para a partida desta quarta-feira, enquanto a Raposa busca a virada em cima do rival e uma nova conquista da tríplice coroa, o Galo quer atrapalhar os planos da Raposa e carimbar a faixa do campeão brasileiro. No primeiro jogo, o Atlético-MG venceu o rival por 2 a 0 no Independência.