icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/02/2015
18:49

O Benfica correu o risco de perder pela primeira vez na história para o modesto Moreirense, mas em uma partida recheada de polêmicas, conseguiu a vitória por 3 a 1 em Moreira de Cónegos de virada, e segue tranquilo na liderança do Campeonato Português. Mais cedo, o Braga tinha derrotado o Nacional por 3 a 1 em casa, e o Penafiel ganhou do Vitória de Setúbal por 1 a 0.

Com estes resultados, o Benfica segue folgado na liderança do Campeonato Português. A equipe tem agora 56 pontos na tabela, contra 49, que na segunda-feira tem o dérbi contra o Boavista. O Braga chegou aos 43 pontos e pressiona o Sporting, terceiro lugar, que tem apenas um a mais e recebe no domingo o Gil Vicente.

O Moreirense saiu na frente ainda no primeito tempo. João Pedro acertou um chute forte da entrada da área, e o brasileiro Artur, que substitui o lesionado Julio Cesar, não alcançou a bola, que ainda desviou em Jardel.

Na etapa final começaram as polêmicas. O Benfica conseguiu o empate em um gol que veio de um escanteio bastante duvidoso. Luisão subiu e cabeceou para o gol. Pouco depois conteceu uma expulsão curiosa. O árbitro mostrou o cartão vermelho a André Simões fora de jogo. Possivelmente por algo que o jogador falou. Na sequência os dois treinadores também foram excluídos do jogo.

Tudo isso acabou mexendo com o Benfica. Pouco depois o lateral-esquerdo Eliseu acertou um forte chute com o pé direito, e o goleiro Marafona aceitou. Mais tarde, Salvio fez jogada pela direita, cruzou rasteiro e Jonas completou, desestruturando de vez a equipe do Moreirense.