icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/02/2015
13:50

As obras de reforma do Estádio de Remo, na Lagoa Rodrigo de Freitas, Zona Sul, para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016 já podem ser iniciadas, após a aprovação de seu edital feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), ocorrida na semana passada. A previsão é de que o local esteja pronto para as competições em oito meses.

Foram autorizadas a construção da torre de chegada, além da reforma da garagem de barcos. Para referendar o início das obras, o TCE recomendou a realização de uma nova pesquisa para o custo de aquisição e instalação da cabine blindada para medição de energia.

Com a pesquisa, houve uma diminuição de R$ 53 mil do custo da reforma, que ficou com um orçamento final de R$ 4,438 milhões. A empresa vencedora da licitação foi a Giver Engenharia Ltda.

Como a Giver estimou um prazo de 240 dias para a conclusão da reforma, o evento-teste dos Jogos Rio-2016 ocorrerá ainda com o estádio em obras. Entre os dias 6 e 9 de agosto será disputado na Lagoa Rodrigo de Freitas o Campeonato Mundial Júnior de Remo.

Nos Jogos Rio-2016, na Lagoa Rodrigo de Freitas ocorrerão as competições de canoagem, remo e paracanoagem.