icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2013
18:42


Alex e Ignacio "Nacho" Scocco, as grandes contratações do Internacional para a sequência da temporada, foram apresentados no fim da tarde desta sexta-feira, em evento realizado no Hotel Blue Tree Milenium, em Porto Alegre. Ambos chegam ao Colorado dispostos e recompensarem a diretoria pelo esforço feito e cientes da responsabilidade que terão pela frente: Alex para repetir a passagem de sucesso que teve entre 2004 e 2009 e o argentino para comprovar a qualidade vista no Newell's Old Boys.

Giovanni Luigi, presidente colorado, iniciou a cerimônia exaltando o trabalho feito pelo departamento de futebol do Internacional, que vinha sendo duramente criticado pela ausência de contratações após as saídas de Rodrigo Moledo e Fred. Alex e Scocco foram confirmados no último dia da janela de transferências internacionais.

- Gostaria, antes de fazer a apresentação, de enaltecer o trabalho anônimo nesse período todo, mas que foi um trabalho incansável, o trabalho dos dirigentes. Gostaria de dar um reconhecimento ao Marcelo Medeiros, nosso primeiro vice-presidente e diretor de futebol, ao Luís César Souto de Moura (diretor de futebol), Eduardo Hausen, Roberto Melo (assessores de futebol) e Newton Drummond, o Chumbinho (diretor executivo de futebol) - disse Luigi.

Scocco e Alex, as grandes contratações do Inter em 2013 (Foto: Divulgação/ Internacional)

Logo na sequência, Alex recebeu a camisa de número 12 das mãos de Luís César Souto de Moura, enquanto que Scocco ganhou de 32 de Marcelo Medeiros. O hermano foi o primeiro a falar e destacou o histórico vitorioso do novo clube.

- O principal é que o Internacional sempre me valorizou, é um clube muito grande no Brasil, que tem muitas copas internacionais, o que me chamou muito a atenção. Quero agradecer a todos os dirigentes, que fizeram um esforço muito grande para me contratar - destacou "Nacho" Scocco, autor de 30 gols pelo Newell's entre na temporada 2012/2013.

Já Alex, que conquistou oito títulos pelo Inter entre 2004 e 2009, espera aumentar a sua lista de taças pelo Colorado de Dunga e Paulo Paixão, líder do Campeonato Brasileiro e garantido nas oitavas de final da Copa do Brasil.

- É muito bom estar retornando. Tenho que agradecer também, como o Scocco, esse esforço feito para me contratar e a gente iniciou um contato desde janeiro. É sempre uma alegria ter um clube como o Internacional te dando a oportunidade de jogar (nele) e vivendo um momento especial, pois tem um grupo maravilhoso, muito bem dirigido pelo Dunga e pelo Paixão (Paulo, preparador físico). A maneira que está se encaminhando dentro de campo também nos anima de estar aqui com perspectiva sempre de título - disse o jogador.


Alex e Ignacio "Nacho" Scocco, as grandes contratações do Internacional para a sequência da temporada, foram apresentados no fim da tarde desta sexta-feira, em evento realizado no Hotel Blue Tree Milenium, em Porto Alegre. Ambos chegam ao Colorado dispostos e recompensarem a diretoria pelo esforço feito e cientes da responsabilidade que terão pela frente: Alex para repetir a passagem de sucesso que teve entre 2004 e 2009 e o argentino para comprovar a qualidade vista no Newell's Old Boys.

Giovanni Luigi, presidente colorado, iniciou a cerimônia exaltando o trabalho feito pelo departamento de futebol do Internacional, que vinha sendo duramente criticado pela ausência de contratações após as saídas de Rodrigo Moledo e Fred. Alex e Scocco foram confirmados no último dia da janela de transferências internacionais.

- Gostaria, antes de fazer a apresentação, de enaltecer o trabalho anônimo nesse período todo, mas que foi um trabalho incansável, o trabalho dos dirigentes. Gostaria de dar um reconhecimento ao Marcelo Medeiros, nosso primeiro vice-presidente e diretor de futebol, ao Luís César Souto de Moura (diretor de futebol), Eduardo Hausen, Roberto Melo (assessores de futebol) e Newton Drummond, o Chumbinho (diretor executivo de futebol) - disse Luigi.

Scocco e Alex, as grandes contratações do Inter em 2013 (Foto: Divulgação/ Internacional)

Logo na sequência, Alex recebeu a camisa de número 12 das mãos de Luís César Souto de Moura, enquanto que Scocco ganhou de 32 de Marcelo Medeiros. O hermano foi o primeiro a falar e destacou o histórico vitorioso do novo clube.

- O principal é que o Internacional sempre me valorizou, é um clube muito grande no Brasil, que tem muitas copas internacionais, o que me chamou muito a atenção. Quero agradecer a todos os dirigentes, que fizeram um esforço muito grande para me contratar - destacou "Nacho" Scocco, autor de 30 gols pelo Newell's entre na temporada 2012/2013.

Já Alex, que conquistou oito títulos pelo Inter entre 2004 e 2009, espera aumentar a sua lista de taças pelo Colorado de Dunga e Paulo Paixão, líder do Campeonato Brasileiro e garantido nas oitavas de final da Copa do Brasil.

- É muito bom estar retornando. Tenho que agradecer também, como o Scocco, esse esforço feito para me contratar e a gente iniciou um contato desde janeiro. É sempre uma alegria ter um clube como o Internacional te dando a oportunidade de jogar (nele) e vivendo um momento especial, pois tem um grupo maravilhoso, muito bem dirigido pelo Dunga e pelo Paixão (Paulo, preparador físico). A maneira que está se encaminhando dentro de campo também nos anima de estar aqui com perspectiva sempre de título - disse o jogador.