icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/02/2015
13:54

O gol de Icardi, o único da Inter de Milão na derrota para o Sassuolo, por 3 a 1, foi apenas um alento momentâneo para o time dentro de campo. Após a partida, o jogador, que entrara no segundo tempo, jogou a camisa para os torcedores. Mas, revoltados pelo revés, o uniforme foi devolvido. Após o episódio, o argentino passou a ofender os 'tiffosi'.  Por isso, foi multado em 30% do salário.

O atacante chamou os torcedores de 'pedaços de m..., vocês são todos pedaços de m...'. Diante dos xingamentos, a diretoria decidiu pela punição. Mas, segundo o jornal "Gazzetta dello Sport', essa deve ser a última temporada pelo clube. O diário diz que o argentino tem os dias contatos em Milão.

E MAIS
- Inter volta a decepcionar e perde para o Sassuolo no Italiano
- Joia do United, Adnan Januzaj reclama do esquema tático de Van Gaal
- Norueguês estreia pelo Real B, joga bem, é inscrito na Champions e pode quebrar recorde

A torcida 'La Curva Norte' passou a exigir respeito e profissionalismo do atacante. Em comunicado, ela bem dura com o comportamento de Icardi.

- Não queremos que nos atirem a camisa, queremos que deixem o coração em campo.