icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/06/2014
00:24

A sequência de empates e atuações abaixo do esperado preocupavam e a pressão sobre o treinador Adilson Batista era grande. Na segunda-feira, o zagueiro Rodrigo fez questão de defender o trabalho do comandante. Após a vitória desta terça-feira por 2 a 0, os atletas, ainda no gramado, deram um abraço no técnico, comprovando que a “promessa de correr por ele” foi mesmo cumprida.

E foi novamente o xerife cruz-maltino quem destacou o trabalho de Adilson após o duelo. Ele lembrou outros fatores, como a punição que fez o time jogar longe de São Januário, e as lesões, que prejudicaram muito o elenco neste início de Série B. E garantiu que, após a parada, as coisas vão melhorar:

– Primeiro de tudo, como eu falei, não é o Adilson o problema. O problema era encaixar uma sequência de jogos. E hoje (terça-feira) tudo deu certo, tivemos chances e conseguimos fazer o gol. Às vezes, colocam muita culpa no treinador, mas esquecem os mandos de campo que perdemos, jogadores que ficaram lesionados, a torcida que não pôde entrar no estádio...

O lateral André Rocha, que retomou posição, também elogiou o trabalho que vem sendo realizado:

– A gente vinha pecando muito nos últimos jogos. A culpa é nossa e havia pressão nele. Mas é um treinador que merece nosso respeito e tem nosso aval.

Mais tranquilo! Depois de quatro empates, Vasco volta a vencer