icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/03/2014
17:52

O Atlético-PR aterrisou em Lima, capital do Peru, pela segunda vez nesta edição da Copa Libertadores. O clube enfrenta o Universitario, nesta quinta-feira, às 23h30. Da última vez que este no país, entretanto, as recordações não foram boas. Na estreia do treinador Miguel Portugal, o rubro-negro levou um verdadeiro baile do Sporting Cristal, que venceu por 2 a 1 - placar barato para o futebol apresentado. Na volta, em um jogo de tirar o fôlego, o Furacão ganhou a vaga na fase de grupos nos pênaltis.

E a viagem ao país andino não foi fácil. Devido a atrasos do avião que saia de Curitiba e a três horas de espera pela conexão em São Paulo, a odisseia rubro-negra durou mais de 12 horas. O Atlético desembarcou em Lima na madrugada desta quarta-feira, após enfrentar, no total, 12 horas de trajeto. Portugal comanda apenas um treino antes da partida diante do Universitario.

O atacante Adriano Imperador, com dores nas costas, foi poupado da partida. Ele nem viajou com o elenco para o Peru. O jogo desta quinta é importante para definir os rumos atleticanos na Libertadores. Uma vitória deixa a classificação às oitavas de final bem encaminhadas, já que o Furacão terá duas partidas em casa (Vélez e o próprio Universitario) e apenas uma fora, contra o The Strongest (BOL)