icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2013
20:29

Após as vaias direcionadas a Adryan no último sábado, quando o Flamengo empatou com o Goiás, o técnico Jayme de Almeida pediu paciência com os jogadores mais jovens. O treinador ressaltou que se descartar as crias da base após poucos erros, não há uma continuidade no trabalho.

Diante do time esmeraldino, Adryan atuou na vaga de Carlos Eduardo, que foi poupado, assim como outros titulares.

– O Adryan é um atleta do Flamengo. Quando tem a oportunidade, tem de mostrar. Não foi bem, mas isso não é motivo para a torcida vaiar. Se não tivermos paciência com esses meninos e descartá-los no primeiro insucesso, aí fica difícil. Ele tem condição de ser um grande jogador – afirmou

O torcedor perdeu a paciência com o camisa 17 no jogo com o Atlético-PR, após uma falha, que originou a virada do time paranaense, na derrota por 4 a 2, em pleno Maracanã. Desde então, ele tem sido criticado.