icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/02/2015
00:32

Adriano Martins ganhou de Rustam Khabilov (FOTO: Lucas Uebel/Inovafoto)

Como na primeira parte do evento, o card principal do UFC Porto Alegre também não foi bom para o Brasil. Das cinco lutas que compuseram o show, somente Adriano Martins saiu com o triunfo, por decisão dividida sobre Rustam Khabilov. Edson Barboza, Iuri Marajó e Cezar Mutante foram superados. Santiago Ponzinibbio, o "argentino gente boa", foi outro que conseguiu sair vitorioso.

Em luta estratégica, Adriano Martins supera Khabilov

Quem esperava uma luta empolgante entre Adriano Martins e Rustam Khabilov ficou decepcionado. O combate inteiro foi de pouca ação, o que proporcionou vaias do público que lotou o ginásio Gigantinho. O primeiro round o brasileiro levou vantagem por uma boa queda. No segundo assalto o russo tentou ser mais agressivo, mas tomou um cruzado forte que o desequilibrou no fim da parcial. Na última parcial, o brasileiro conseguiu uma queda logo no início e administrou a vantagem na peleja. Resultado final: vitória de Adriano Martins por decisão dividida dos juízes.

Johnson anula jogo de Edson Barboza

Com a expectativa de ser a melhor luta da noite, Edson Barboza e Michael Johnson não deixaram por menos e travaram uma batalha intensa de trocação, no coevento da noite. O primeiro round, o americano não se intimidou com os chutes do rival e partiu para o ataque, com boas combinações de socos. O brasileiro levou o público com bons chutes rodados, mas saiu da parcial com um corte no rosto. O segundo assalto seguiu no mesmo ritmo, com ninguém aliviando na pancadaria e Johnson buscando encurtar bem a distância e mais efetivo.

Na última parcial, o americano manteve o ritmo firme em pé e deixou o rosto do atleta tupiniquim bem avariado. E pela grande apresentação, não fugindo da trocação com o brasileiro e com uma tática perfeita, Michael Johnson venceu por decisão unânime.

Michael Johnson passou por Edson Barboza (FOTO: Lucas Uebel/Inovafoto)

Alvey nocauteia Mutante

Depois de começar a luta melhor, com uma boa movimentação e explorando os chutes baixos, Cezar Mutante parecia estar contando os minutos para tentar terminar o combate, mas conheceu de perto a potência do golpe de Sam Alvey. Ainda no round inicial da peleja, quando o brasileiro tentou uma cotovelada, recebeu um contra-ataque violento, com um overhand de direita e depois um cruzado de esquerda para derrubá-lo e impor a segunda derrota da carreira do ex-TUF Brasil 1 no UFC.

Após o combate, Alvey esbanjou simpatia, quando elogiou o público brasileiro, pediu o "bônus da noite" pela atuação contra Mutante para o presidente Dana White e ainda jogou sua camisa para a torcida. Essa foi a segunda vitória do americano no Ultimate

Ponzinibbio acaba com invencibilidade de Strickland

Se na sua última luta Santiago Ponzinibbio não precisou de muito tempo para nocautear Wendell Negão, dessa vez ele precisou de três rounds para passar por Sean Strickland. Depois de uma luta intensa, com bastante trocação e golpes acrobáticos do "argentino gente boa", incluindo dois chutaços altos no rosto do oponente, o sul-americano, por ser mais agressivo e dominar o centro do octógono, além de defender bem as tentativas de quedas do americano, garantiu triunfo por decisão unânime e tirou a invencibilidade do adversário na carreira.

Na comemoração, Santiago subiu à grade do octógono com a bandeira do Brasil, mas no seu discurso, fez questão de falar em espanhol para primeiramente para agradecer aos fãs argentinos e logo após aos brasileiros, que comemoraram bastante sua vitória.

Santiago Ponzinibbio derrotou Sean Strickland (FOTO: Jefferson Bernardes/Inovafoto)

Card Principal:
Michael Johnson derrotou Edson Barboza por decisão unânime dos jurados
Sam Alvey derrotou Cezar Mutante por nocaute técnico no 1R
Adriano Martins derrotou Rustam Khabilov por decisão dividida dos jurados
Frankie Saenz derrotou Iuri Marajó por decisão unânime dos jurados
Santiago Ponzinibbio derrotou Sean Strickland por decisão unânime dos jurados