icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
25/07/2013
20:12

Além de ter o cabelo puxado, o meia Leandrinho foi xingado pelo torcedor do Crac-GO que o agrediu na última quarta-feira. Nesta quinta, no retorno do Santos a São Paulo, o jogador comentou a cena inusitada e admitiu que respondeu ao ato.

– Eu caí, e o cara puxou meu cabelo e falou uns palavrões. Eu só retribuí os palavrões – explicou.

A cena aconteceu ainda no primeiro tempo da partida. Após dividir uma bola e cair próximo ao alambrado, Leandrinho teve seu cabelo puxado. O torcedor do Crac tentou primeiro chutar o camisa 7. Como não conseguiu, abaixou-se, esticou a mão e agarrou o jovem, de 19 anos, que viveu situação inédita.

- Nunca tinha passado por isso, realmente, nem na base, mas faz parte - afirmou Leandrinho.

Além de ter o cabelo puxado, o meia Leandrinho foi xingado pelo torcedor do Crac-GO que o agrediu na última quarta-feira. Nesta quinta, no retorno do Santos a São Paulo, o jogador comentou a cena inusitada e admitiu que respondeu ao ato.

– Eu caí, e o cara puxou meu cabelo e falou uns palavrões. Eu só retribuí os palavrões – explicou.

A cena aconteceu ainda no primeiro tempo da partida. Após dividir uma bola e cair próximo ao alambrado, Leandrinho teve seu cabelo puxado. O torcedor do Crac tentou primeiro chutar o camisa 7. Como não conseguiu, abaixou-se, esticou a mão e agarrou o jovem, de 19 anos, que viveu situação inédita.

- Nunca tinha passado por isso, realmente, nem na base, mas faz parte - afirmou Leandrinho.