icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
13:05

Após Michael Schumacher, mais um ex-piloto da Ferrari sofreu acidente em uma estação de esqui. Na última quinta-feira, Gerhard Berger se acidentou em uma estação da Áustria, segundo a imprensa local. Diferentemente do caso do alemão, que segue em coma, Berger teve apenas uma fratura no braço, passou o fim de semana em observação e foi liberado neste domingo, segundo o portal de notícias Krone.

Ainda de acordo com o portal, Berger se arriscou fora da pista e em um local com muitas árvores e pouca visibilidade. Após o susto, o ex-piloto, que foi companheiro do brasileiro Ayrton Senna na McLaren, passou por uma cirurgia simples e bem sucedida.

Em janeiro, Berger deu uma entrevista ao 'Auto Motor und Sport' sobre o grave acidente sofrido por Michael Schumacher, em dezembro de 2013, em uma estação de esqui, em Grenoble, na França.

- É o destino, nada mais. Sei disso por experiência pessoal já que tive um acidente de carro, tive uma fratura no pescoço e tive a sorte insana de que um carro com todo equipamento de sobrevivência estava atrás de mim, com dois médicos de emergência da Alemanha dentro dele - contou Berger.

Gerhard Berger pilotou na Fórmula 1 entre os anos de 1984 e 1997, tendo defendido, além da McLaren, a ATS, Arrows e Benetton.