icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
09/07/2013
15:42

O Vasco não perdeu tempo para achar um substituto para Paulo Autuori, que teve seu desligamento oficializado nesta manhã, e o favorito é Dorival Júnior. A diretoria cruz-maltina agendou uma reunião para esta quarta-feira com o treinador, que já passou pelo clube e recentemente estava no Flamengo.

Um contato já foi realizado na segunda-feira e o perfil agrada a diretoria. Ainda não foi falado sobre valores e termos de contrato. O treinador está em Florianópolis, onde tem residência fixa, mas chegará ao Rio de Janeiro na quarta-feira para se reunir com a cúpula vascaína.

O nome de Ney Franco, que chegou a ser especulado nos últimos dias, sequer foi colocado em discussão pela diretoria vascaína. Dorival já passou pelo Cruz-Maltino, participando da campanha do Brasileiro da Série B em 2009, e teria boa aceitação junto a torcida.

Analistas elegem os mais cotados para assumir o Vasco

Na entrevista coletiva da manhã desta terça-feira, o diretor de futebol do clube, Ricardo Gomes, deu pista de que o novo treinador agradaria ao torcedor vascaíno.

- Vai ser um bom treinador e que vai agradar a torcida do Vasco, esse é o nosso principal objetivo. Não vou falar de nomes, mas já comecei os contatos. Se não for hoje (terça), nesta quarta teremos uma indicação - disse Gomes.

A grande questão a ser resolvida é a parte financeira. Dorival ganhava R$ 400 mil no Flamengo, valor distante da atual realidade financeiro do Cruz-Maltino. Paulo Autuori, por exemplo, recebia mensalmente pouco mais de R$ 200 mil.

O Vasco não perdeu tempo para achar um substituto para Paulo Autuori, que teve seu desligamento oficializado nesta manhã, e o favorito é Dorival Júnior. A diretoria cruz-maltina agendou uma reunião para esta quarta-feira com o treinador, que já passou pelo clube e recentemente estava no Flamengo.

Um contato já foi realizado na segunda-feira e o perfil agrada a diretoria. Ainda não foi falado sobre valores e termos de contrato. O treinador está em Florianópolis, onde tem residência fixa, mas chegará ao Rio de Janeiro na quarta-feira para se reunir com a cúpula vascaína.

O nome de Ney Franco, que chegou a ser especulado nos últimos dias, sequer foi colocado em discussão pela diretoria vascaína. Dorival já passou pelo Cruz-Maltino, participando da campanha do Brasileiro da Série B em 2009, e teria boa aceitação junto a torcida.

Analistas elegem os mais cotados para assumir o Vasco

Na entrevista coletiva da manhã desta terça-feira, o diretor de futebol do clube, Ricardo Gomes, deu pista de que o novo treinador agradaria ao torcedor vascaíno.

- Vai ser um bom treinador e que vai agradar a torcida do Vasco, esse é o nosso principal objetivo. Não vou falar de nomes, mas já comecei os contatos. Se não for hoje (terça), nesta quarta teremos uma indicação - disse Gomes.

A grande questão a ser resolvida é a parte financeira. Dorival ganhava R$ 400 mil no Flamengo, valor distante da atual realidade financeiro do Cruz-Maltino. Paulo Autuori, por exemplo, recebia mensalmente pouco mais de R$ 200 mil.