icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
14:37

Um dos, senão o principal nome na conquista do Atlético-MG da Copa Libertadores, o goleiro Victor já começou a realizar seus milagres para tentar manter o Galo firme na luta pelo bi continental. Após boas apresentações na fase de grupos, o camisa 1 foi um dos responsáveis pela derrota mínima do alvinegro diante do Nacional de Medellín, na última quinta-feira.

Precisando reverter o resultado de 1 a 0 na partida de volta, no Independência, o goleiro lembrou do slogan ('Eu Acredito') e da onda de confiança que passou da torcida para o time no ano passado. No dia 1º de maio, a confiança, além da técnica será essencial para derrubar mais um adversário no Horto.

- Esse foi o grande tema da nossa campanha ano passado, eu acredito, e neste ano vai ser de novo e tenho certeza que o Galo vai reverter isso aí - falou o goleiro, que agora só pensa em corrigir os erros para voltar ao Independência com a força da Massa em busca da classificação.

- A gente sabe da nossa força no Independência, é um resultado reversível, claro que o 0 a 0 seria mais fácil de ser reverter, mais fácil de se trabalhar, mas também a gente não pode lamentar, tem de ver onde errou para corrigir e reverter situação no jogo da volta - completou Victor.

Graças ao goleiro, o Atlético-MG não saiu de Medellín com uma derrota pior. Por pelo menos três vezes, Victor salvou o Galo de ser vazado, o que só não ocorreu no chute de Cárdenas, já aos 45 minutos.