icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/04/2014
18:45

Depois de dois dias só de atividades físicas, o elenco do Palmeiras trabalhou com bola pela primeira vez nesta semana. Mas nem todos os jogadores participaram do chamado "treino alemão", trabalho técnico com três times e três traves. Alguns deram sequência ao tratamento de lesões, e o meia Mendieta foi submetido a exercícios específicos com o preparador físico Magoo - a comissão técnica quer deixar todos os atletas no mesmo nível físico.

O goleiro Fernando Prass e o meia Valdivia, que vêm de entorses em seus tornozelos direitos, fizeram exercícios na parte interna da Academia de Futebol. O volante Wesley, em recuperação de trauma na bacia, e o atacante Diogo, que estava com uma inflamação na coxa direita, também não deram as caras no gramado. Mesmo assim, eles estarão disponíveis para o jogo contra o Criciúma, dia 20, na estreia pelo Campeonato Brasileiro.

O volante França, o lateral-esquerdo Juninho e o lateral-direito Wendel correram em volta do gramado. Todos se recuperam de lesões musculares e a previsão de médicos e preparadores físicos é de que também possam jogar em Santa Catarina.

Em estágio ainda mais avançado estão o atacante Alan Kardec e o meia Bruno César, que também sofriam com dores musculares. Os dois participaram do trabalho no campo, assim como o lateral-direito Bruno Oliveira. Mas este último, embora recuperado de lesão, está sendo submetido a um trabalho físico especial para não precisar voltar tão cedo ao departamento médico. Com isso, deverá ficar fora no dia 20. O mesmo se aplica ao zagueiro Thiago Martins, jovem que se recupera de cirurgia no joelho.