icons.title signature.placeholder Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Marcio Porto
24/07/2013
20:37

Parte da delegação do Santos já está instalada no estádio Genervino da Fonseca, palco da partida desta quarta-feira, contra o Crac, pela Copa do Brasil. Antes dos jogadores, profissionais do clube chegaram ao local com o material a ser utilizado na partida e encontraram o vestiário pronto, após ser reformado.

Na última segunda-feira, o LANCE!Net mostrou as obras feitas no vestiário para acomodar melhor os santistas. Acanhado, o espaço destinado aos visitantes estava empoeirado e com objetos sem condições de uso. Nesta quarta, porém, o local estava bem pintado, com mesas e chuveiros novos. São seis no total, além de duas privadas e duas pias.

- Está tudo nos conformes. O local é pequeno, mas dá para suportar - afirmou Vagner Santos, roupeiro do Peixe.

A delegação do Santos deve chegar ao estádio cerca de uma hora antes do embate. Os jogadores passaram o dia concentrados no hotel e atendendo fãs no saguão.

Clique aqui e confira como estava o estádio no início da semana

Os portões estão previstos para serem abertos a partir das 20h e, até cerca de duas horas antes do embate, cerca de cinco mil ingressos haviam sido vendidos, dos cerca de sete mil e duzentos colocados à venda.

A partida começa às 21h50. Com o 1 a 1 do primeiro jogo, a equipe da casa se classifica com um empate por 0 a 0. O Peixe precisa vencer ou empatar por 2 a 2 ou mais. Se o placar da ida se repetir, a decisão será nos pênaltis.

Parte da delegação do Santos já está instalada no estádio Genervino da Fonseca, palco da partida desta quarta-feira, contra o Crac, pela Copa do Brasil. Antes dos jogadores, profissionais do clube chegaram ao local com o material a ser utilizado na partida e encontraram o vestiário pronto, após ser reformado.

Na última segunda-feira, o LANCE!Net mostrou as obras feitas no vestiário para acomodar melhor os santistas. Acanhado, o espaço destinado aos visitantes estava empoeirado e com objetos sem condições de uso. Nesta quarta, porém, o local estava bem pintado, com mesas e chuveiros novos. São seis no total, além de duas privadas e duas pias.

- Está tudo nos conformes. O local é pequeno, mas dá para suportar - afirmou Vagner Santos, roupeiro do Peixe.

A delegação do Santos deve chegar ao estádio cerca de uma hora antes do embate. Os jogadores passaram o dia concentrados no hotel e atendendo fãs no saguão.

Clique aqui e confira como estava o estádio no início da semana

Os portões estão previstos para serem abertos a partir das 20h e, até cerca de duas horas antes do embate, cerca de cinco mil ingressos haviam sido vendidos, dos cerca de sete mil e duzentos colocados à venda.

A partida começa às 21h50. Com o 1 a 1 do primeiro jogo, a equipe da casa se classifica com um empate por 0 a 0. O Peixe precisa vencer ou empatar por 2 a 2 ou mais. Se o placar da ida se repetir, a decisão será nos pênaltis.