icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
16/02/2015
15:20

Sem lutar desde março de 2014, quando foi derrotado por Tyron Woodley depois de lesionar o joelho no meio do combate, Carlos Condit não vê a hora de pisar no octógono. Depois de encarar uma longa recuperação e estar de volta aos treinos na academia de Greg Jakcson, onde treina com nomes como Jon Jones, Cub Swanson e Donald Cerrone, o americano já tem, inclusive, uma data de sua preferência para voltar ao octógono: 23 de maio.

O meio-médio quer fazer parte do UFC 187, que acontece em Las Vegas (EUA). Embora não tenha uma luta principal definida, a expectativa é de que Jon Jones x Anthony Johnson ou Chris Weidman x Vitor Belfort lidere o show.

- Não tenho uma luta marcada, mas tenho uma ideia em mente para voltar a lutar em maio, vou tentar entrar no card aqui de Las Vegas, o UFC 187. Minha divisão toda está com lutas casadas no momento, então não me importo muito com contra quem vou lutar. Exitem bons e intrigantes combates para mim. Vamos ver as lutas dos próximos meses - declarou o lutador.

Apesar de não escolher adversário, o americano relembra os momentos após a lesão contra Woodley e entrega que gostaria de fazer uma revanche contra o lutador em seu retorno ao octógono.

- Liguei para o Dana (White) no dia seguinte e pedi uma revanche. É difícil lamentar, é um esporte de combate, em todos você se machuca, mas o nosso é mais duro. Faz parte. Espero voltar e fazer uma revanche com Woodley, quem sabe... - afirmou.