icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/11/2013
16:22

Depois de uma interminável disputa de pênaltis, o Brasil está fora do Mundial Sub-17. O algoz foi o México, que venceu a Seleção por 11 a 10, depois de um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, nesta sexta-feira, em Dubai, pelas quartas de final do torneio.

Qualificados para a semifinal, os mexicanos enfrentam o vencedor de Argentina e Costa do Marfim, que se enfrentam neste sábado.

O Brasil teve uma atuação abaixo do esperado durante o primeiro tempo. Foi difícil conseguir criar mediante a um adversário tão cauteloso e plantado na entrada da área. As jogadas pelo alto também não surtiram efeito.

Apenas nos últimos minutos, a Seleção conseguiu chegar com perigo. No entanto, a grande chance foi do México, quando Ochoa saiu na cara do gol, mas foi detido por uma grande defesa de Marcos.

O time verde-amarelo seguiu nervoso durante a segunda etapa e foi deixando o México gostar do jogo até abrir o placar em falha coletiva da defesa. O esperto Ochoa aproveitou e colocou lá dentro.

Com as três alterações feitas, a equipe de Alexandre Gallo teve cerca um pouco mais de dez minutos para tentar o empate. E finalmente acordou. Nathan deixou tudo igual e por pouco Leo Pereira, com uma cabeçada na trave, não vira a partida.

Nos pênaltis, Gabigol e Mosquito pararam em duas defesas do goleiro Gudino. Marcos pegou uma cobrança, mas a vaga foi mexicana.