icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
06/07/2014
16:56

Após pedir demissão do cargo de gerente técnico de futebol do Botafogo, Sidnei Loureiro, que terá sua saída confirmada nesta segunda-feira, esteve nesta tarde no Caio Martins, em Niterói, para acompanhar à final do Campeonato Carioca sub-20 e não segurou a emoção. Após o apito final, com o título do Alvinegro, ele deixou o local chorando.

Sidnei foi abordado pela imprensa no local para comentar o pedido de demissão do Botafogo, mas recusou-se a falar, pelo menos até segunda-feira, quando a diretoria deverá soltar um comunicado sobre mudanças no clube.

O presidente Mauricio Assumpção, que sempre acompanha as divisões de base, e que era esperado esta tarde no Caio Martins, não compareceu.




Além de Sidnei, o auxiliar-técnico do time profissional, Eduardo Hungaro, também esteve presente. O diretor Bernardo Arantes, que também pode deixar o cargo, e que assim como Sidney, por alguns anos trabalhou nas categorias de base do Botafogo, assistiu a partida ao lado deles, assim como o preparador de goleiro Victor Hugo.

Sidnei, Eduardo Hungaro e Bernardo Arantes faziam parte do grupo campeão de juniores em 2011, último título da categoria do Botafogo. Na ocasião, os alvinegros quebraram um jejum de título de onze anos, vencendo o Flamengo na final.